Numa nota publicada no site oficial do emblema de Roterdão, Kuyt explicou que está na hora de ‘pendurar as chuteiras’, depois de ter alcançado o último objetivo que tinha, que era ser campeão pelo Feyernoord.

“Ao longo da minha carreira, segui sempre o meu coração. Sinto que esta é a altura certa para me retirar. Tive dois anos fantásticos desde que regressei ao Feyenoord. Tinha o sonho de ser campeão pelo Feyenoord e esse sonho realizou-se”, disse o avançado.

Kuyt, que passou por clubes como Utrecht, Liverpool e Fenerbahce, e vestiu camisola da seleção holandesa por 104 vezes, vai na próxima temporada assumir um cargo na estrutura técnica da equipa de Roterdão.

No último fim de semana, o avançado marcou uma ‘hat-trick’ no triunfo por 3-1 sobre o Heracles e garantiu o título para o Feyernoord, algo que não acontecia desde 1999.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.