Cavani, de 34 anos, chegou aos ‘red devils’ em outubro do ano passado, sendo que na altura assinou um vínculo por uma temporada, com mais uma de opção, a qual foi agora acionada e acertada pelas duas partes, depois de ter sido veiculada uma possível transferência para os argentinos do Boca Juniors.

“Com o decorrer da temporada, desenvolvi um enorme afeto pelo clube e por tudo o que representa. Sinto uma ligação forte com os meus colegas e staff. Motivam-me diariamente e sei que, juntos, podemos alcançar grandes feitos. Desde o início que senti a confiança do treinador e quero retribuir-lhe”, afirmou Cavani, em declarações divulgadas no site oficial do United, no qual alinha o internacional português Bruno Fernandes.

O ponta-de-lança uruguaio, que no verão passado chegou a ser fortemente associado ao Benfica, tem se assumido como um dos destaques do Manchester United na segunda metade desta época, somando 15 golos em 35 partidas (18 como titular), ajudando a equipa a atingir o segundo posto da Premier League e a final da Liga Europa.

Cavani chegou a Old Trafford livre de qualquer compromisso, uma vez que em junho do ano passado tinha terminado uma ligação de sete temporadas ao Paris Saint-Germain, no qual se tornou o melhor marcador da história do clube, com 200 tentos, à frente do sueco Zlatan Ibrahimovic (156) e do português Pedro Pauleta (109).

Começou a carreira no Danubio, passou pelo Palermo, entre 2006 e 2010, mas foi no Nápoles que se evidenciou ao longo de três anos, somando 104 golos em 138 partidas, antes de rumar ao emblema da capital francesa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.