“Repudiamos as declarações de Luís Filipe Vieira, naquele que foi, até ao momento, o ponto mais triste deste ato eleitoral, quando dentro da assembleia de voto e no canal do clube disse que havia democracia a mais no clube. É uma declaração totalmente incompreensível e de alguém que vemos como o líder espiritual da Lista A. Consideramos é que existe democracia a menos e, por isso, independentemente do resultado desta eleição, continuará a luta pela democracia dentro do clube”, anunciou João Leite.

Na declaração que fez aos órgãos de comunicação social, o mandatário da Lista B saudou a participação recorde dos sócios no ato eleitoral, considerando que “só isso já justificou a existência de duas listas candidatas aos órgãos sociais do Benfica”.

João Leite deixou ainda elogios ao voto físico, “que conferiu outra privacidade e democraticidade ao ato eleitoral”, mas anunciou que mesmo assim a Lista B vai apresentar uma reclamação junto da Mesa da Assembleia Geral.

“Nalgumas casas, alguns delegados da nossa lista foram impedidos de exercer os seus direitos e vamos apresentar uma reclamação junto da MAG”, revelou o mandatário, que deixou o desejo de que “a contagem dos votos físicos decorra com toda a lisura e de acordo com o regulamento que foi aprovado recentemente”.

Sobre o resultado final, João Leite garantiu que Francisco Benitez vai estar presente aquando da divulgação dos resultados e ficará para a tomada de posse dos novos órgãos sociais do clube, mesmo que a sua lista não seja a vencedora.

As eleições do Benfica decorrem das 08:00 às 22:00, no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa, e em 24 casas do clube de norte a sul do país, sendo que os sócios residentes nos Açores, na Madeira ou no estrangeiro irão votar via ‘online’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.