De acordo com a conta oficial da DBU no ‘twitter’, a operação foi “bem-sucedida” e o jogador do Inter de Milão visitou os seus companheiros na concentração da seleção dinamarquesa, em Helsingør, antes de regressar a casa, onde vai ficar em repouso.

“Obrigado por tantas saudações, foi fantástico sentir o vosso apoio. A operação correu bem e sinto-me bem, tendo em conta as circunstâncias. Foi bom ver os rapazes depois do grande jogo da noite passada. Vou torcer por eles no jogo contra a Rússia”, disse o jogador, através de um comunicado.

Eriksen caiu sozinho no relvado quando estava prestes a controlar uma bola no lado esquerdo do ataque dinamarquês, mas o rápido atendimento médico permitiu reverter uma paragem cardíaca e estabilizá-lo antes de ser transferido de ambulância para o hospital Kingdom de Copenhague, onde permaneceu até hoje.

A partida foi inicialmente suspensa pela UEFA, mas foi reiniciada quase duas horas depois, tendo a Finlândia, que se estreou numa fase final de um Europeu, vencido por 1-0, com um golo de Joel Pohjanpalo aos 59 minutos.

A Dinamarca, que perdeu na quinta-feira com a Bélgica, por 2-1, vai defrontar a Rússia no estádio Parken, em Copenhaga, na segunda-feira, em jogo da última jornada Grupo B.

A Bélgica, já com lugar garantido nos oitavos de final, lidera com seis pontos, seguindo-se a Rússia e a Finlândia, com três, enquanto a Dinamarca ainda não pontuou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.