Um ‘bis’ de Ferran Torres, aos 17 e 45+2 minutos, assistido por Oyarzabal, permitiu aos espanhóis ‘vingar’ o desaire nas meias-finais do Euro2020, perante um Itália que jogou com 10 desde os 42, por expulsão de Bonucci, e reduziu aos 83, por Pellegrini.

Na final de domingo, dia em que será encontrado o sucessor de Portugal, que conquistou a primeira edição, em 2019, a Espanha vai defrontar o vencedor do embate de quinta-feira entre a Bélgica e a França, detentora do título mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.