A necessitar de vencer para assegurar o título nesta prova do escalão de sub-23, a equipa ‘canarinha’ cedo ficou em vantagem numérica no campo, devido à expulsão por vermelho direto de Mário Júnior, e adiantou-se no marcador no arranque da segunda parte, aos 48, através de Lucas Macula.

Já com o Leixões reduzido a nove, devido à expulsão, aos 59 minutos, de André, também com vermelho direto, por alegadas palavras dirigidas ao árbitro, o Estoril sentenciou o encontro aos 90+3, com um golo de Rúben Pina.

Após o segundo golo ‘canarinho’, o árbitro acabou por terminar mais cedo o encontro por não estarem reunidas todas as condições para o prosseguir.

O Estoril sucede assim no palmarés ao Desportivo das Aves, vencedor da primeira edição da prova, sendo que a segunda acabou por ser interrompida e depois cancelada devido à pandemia de covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.