"O Manchester City foi acusado relativamente às regras de antidoping da FA", refere o organismo, que aponta uma "alegada falha do clube em garantir que as localizações eram as corretas", algo obrigatório segundo os regulamentos.

Segundo a BBC, a equipa de Pep Guardiola não disponibilizou informação correta sobre o local e os horários das sessões de treino, bem como as moradas de residência dos jogadores, necessárias para que possam ser realizados controlos antidoping a qualquer momento.

O clube, quarto na liga inglesa, tem até 19 de janeiro para responder à acusação.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.