O defesa central brasileiro foi um dos titulares indiscutíveis na época passada, ainda assim, e a cumprir a segunda temporada ao serviço do FC Porto, Felipe sabe que nada está garantido e que todos, “sem exceção, terão que trabalhar para conquistar o seu espaço na equipa”.

O primeiro treino permitiu perceber que Sérgio Conceição “é um treinador que gosta de cobrar” e que “coloca as suas ideias de forma transparente e isso é muito importante, quer para o jogador quer para a equipa”.

“Não há nada garantido, temos que trabalhar no duro. Sabemos que o Sérgio Conceição é um treinador que gosta de cobrar e ninguém vai escapar disso. Todos temos que trabalhar para conquistar o nosso espaço”, acrescentou o jogador em declarações ao Porto Canal.

Sobre o primeiro dia de trabalho, Felipe não podia estar mais satisfeito.

“As impressões do primeiro dia de trabalho foram muito boas. Foram trabalhos de muita força e, como no ano passado, também trabalhámos muito essa parte, sentimo-nos muito bem”, revelou ainda.

Felipe falou ainda do entendimento com o colega Marcano e de como se entendem na visão do jogo.

“Entendemo-nos sempre muito bem desde o primeiro dia em que cá cheguei. É uma pessoa fantástica. Quando exponho as minhas ideias, ele ouve, e quando ele expõe as suas, eu ouço-o. Essa ligação conta muito e só temos que a manter”, revelou.

O central brasileiro deixou ainda uma mensagem aos adeptos: “Espero que continuem a apoiar-nos como no ano passado.”

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.