“Temos de jogar com tranquilidade de saber que, na teoria, todos esperam que percamos, e vamos tentar roubar um ponto ou, porque não, três do Dragão, que é um local magnífico para jogar”, vincou na conferência de imprensa de antevisão do jogo na Invicta, que considera “difícil” diante de uma “grande” equipa, segunda classificada da I Liga.

O internacional venezuelano mantém-se confiante na recuperação dos ‘alvinegros’, que estão no 17.º e penúltimo lugar e não vencem há dez jogos, e considera o calendário favorável para os insulares.

“Estamos a apenas três pontos, o que quer dizer que estamos a um jogo de sair da zona de despromoção. Se continuarmos a jogar assim, os golos vão chegar e os resultados vão aparecer. Temos vontade e ambição para sair de baixo, estamos a trabalhar forte e estou confiante que vamos conseguir”, referiu.

Aristeguieta foi um dos reforços do Nacional no mês de janeiro, tendo chegado, por empréstimo, dos franceses do Nantes, clube orientado por Sérgio Conceição, e tem merecido a confiança de Predrag Jokanovic, tendo feito quatro jogos, todos a titular, e apontado um golo.

“A maneira mais direta de ajudar a equipa é com golos mas há outras coisas que o avançado tem de fazer. Aos poucos, estou-me a sentir melhor fisicamente e a conhecer os meus colegas de equipa”, destacou.

O Nacional defronta o FC Porto no sábado, pelas 18:15, no Estádio do Dragão.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.