O defesa direito, que chegou a estrear-se pela equipa principal do FC Porto, no qual fez grande parte da formação, em 2016/17, tem sido um dos titulares absolutos do surpreendente Paços de Ferreira, sendo mesmo o terceiro jogador mais utilizado por Pepa na presente temporada.

"Devo muito ao Paços de Ferreira, porque me tem ajudado a crescer. Não gostava muito da parte dos treinos, nem sempre dava o máximo, e têm-me incentivado a trabalhar sempre nos limites. Jogamos como treinamos e trabalhamos muito bem, o que nos faz mais fortes. Acredito que esta será a minha época de afirmação", disse Fernando Fonseca, em entrevista à agência Lusa.

Como qualquer jogador, Fernando Fonseca deseja os "grande palcos" e isso esteve perto de acontecer por via da Juventus, há dois anos, numa transferência que não se concretizou e quase lhe custou a carreira.

"Tenho o sonho de jogar nos grandes palcos, nas Ligas dos Campeões e da Europa, e podia ter ido para a Juventus há dois anos, mas acabei por ficar na equipa B do FC Porto. Não sei ao certo o que correu mal, mas isso marcou-me muito pela negativa. Pensei mesmo em deixar de jogar", revelou.

O defesa direito, de 23 anos, aproveitou para agradecer ao Gil Vicente e a Vítor Oliveira, por lhe terem devolvido a alegria de jogar, na época passada, num processo evolutivo que prossegue agora no Paços de Ferreira, no qual também espera quebrar um longo jejum.

"Eu e as balizas nunca nos demos muito bem. Não faço golos desde os 15/16 anos, quando eu e o Bruno Costa jogávamos como extremos no FC Porto. Esse tem sido mesmo tema de brincadeira no balneário, dizem que o futebol acaba se eu ou o Luiz Carlos marcarmos. Daí a festa especial após o golo do Luiz diante do Marítimo. Vou tentar, mas não deixarei de assistir um colega se for melhor para a equipa", referiu.

Fernando Fonseca, que tem contrato com o Paços até ao fim da época 2022/2023, relembrou que a sua primeira missão em campo é defender, sem esconder a falta das reações dos adeptos nos estádios, dizendo que até chega a ter "saudades das assobiadelas".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.