Diego Armando Maradona Sinagra, de 34 anos, jornalista desportivo, treinador de futebol e pai de dois filhos, manifestou o desejo de adquirir a nacionalidade do pai.

"Tive sempre o desejo e a vontade de confirmar a minha ascendência argentina. Foi sempre claro para mim que sou 50% napolitano e 50% argentino. Para mim é um orgulho e uma emoção enorme. E sei que, do céu, o meu pai também ficará muito orgulhoso", disse, citado por uma nota do Ministério dos Negócios Estrangeiros argentino.

Naquele país sul-americano, a lei estabelece que os filhos de argentinos nascidos fora do território podem optar pela aquisição da nacionalidade.

"Ouvir o desejo para ser argentino e as suas consultas sobre como obter a nacionalidade também para os seus filhos aumentam o orgulho argentino, como fazia o seu pai com a bola nos pés ou quando, por convicção, se rebelava contra o que considerava injusto", afirmou Ana Tito, da embaixada argentina em Roma.

Maradona, que morreu no dia 25 de novembro aos 60 anos, viveu o seu auge enquanto jogador de futebol no Napoli, na Itália, onde jogou entre 1984 e 1992. Diego Junior nasceu em 20 de setembro de 1986.

Diego Junior — que Maradona negou que fosse seu filho durante 29 anos — é o mais velho dos cinco do 'Pibe de oro': Dalma (de 33 anos) e Gianinna (32), filhas que teve com a sua ex-mulher Claudia Villafañe; Jana, de 24 anos, de um relacionamento com Valeria Sabalain, e Diego Fernando, de 7 anos, filho que teve com a sua ex-namorada Verónica Ojeda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.