A direção federativa aprovou na reunião de hoje o fim desta regra a partir da próxima temporada, adotando a mesma regulamentação já em vigor nas provas da UEFA.

Desta forma, se uma equipa ganhar em casa por 2-1 e perder fora por 1-0, o jogo segue para prolongamento e não é apurada a equipa que tenha conseguido o golo fora, sendo que, no tempo extra, os golos fora também não valem a ‘dobrar’.

A direção da FPF aprovou outra alteração regulamentar, igualmente para entrar em vigor em 2022/23, permitindo o o aumento do número de suplentes de sete para nove.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.