“Sempre pensámos que, com maior ou menor dificuldade, iríamos ultrapassar este adversário. Se vencemos com esta naturalidade não foi porque a França tivesse facilitado demais, mas sim porque os nossos jogadores souberam interpretar o que lhes tínhamos pedido”, analisou Mário Narciso, citado pelos meios de comunicação da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Também o jogador português Léo Martins, que hoje anotou um ‘hat-trick’, lembrou as dificuldades em jogar depois de uma paragem longa, devido à pandemia de covid-19, mas enalteceu o trabalho coletivo da equipa que permitiu gerir bem o jogo.

“O primeiro jogo é sempre difícil depois de tanto tempo parado e sem jogar. A equipa entrou bem, focada e, felizmente, conseguimos marcar cedo os dois primeiros golos. Depois de inaugurado o marcador, conseguimos controlar o jogo com tranquilidade”, declarou.

No encontro de hoje, para além de Léo Martins, Von, Rui Coimbra, André Lourenço e Belchior fizeram os restantes golos portugueses, que valeram os três primeiros pontos numa edição com um único grupo.

Antes, no outro desafio do dia, a Ucrânia venceu a Alemanha no desempate por grandes penalidades (4-3), após uma igualdade a três golos no fim do prolongamento. A Suíça folgou nesta jornada.

Na quinta-feira, Portugal defronta a Alemanha, seguindo-se a Ucrânia, no sábado, e a Suíça, no domingo. Todos os desafios estão agendados para as 17:30.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.