Um encontro histórico e para a história. A seleção nacional de râguebi dos Emirados Árabes Unidos (EAU) recebe hoje, no Dubai, a seleção de Israel. A partida internacional, de cariz amigável, junta, pela primeira vez, os dois países numa competição desportiva.

Jogado na variante de sevens (7 jogadores) é denominada “Taça Amizade Acordo Abraham”, numa referência ao também ele histórico acordo de normalização de relações diplomáticas entre os dois países, assinado em agosto do ano passado, numa iniciativa liderada pelos Estados Unidos da América durante a vigência da administração Trump e no qual os EAU foram o primeiro país do mundo árabe a reconhecer o Estado de Israel.

“Não consigo pensar em nenhum outro desporto que não o râguebi para servir o propósito de unir os dois países”, declarou Offer Fabian, presidente da federação israelita, durante a conferência de imprensa (via zoom) de lançamento do encontro.

“O desporto reforça o seu papel nos acordos de paz. Esperamos fazer a nossa parte e retribuir com uma visita a Israel e dar à nossa equipa feminina a possibilidade de uma partida em Telavive”, acrescentou Mohammed Al Zaabi, responsável máximo da Federação de Râguebi dos Emirados Árabes Unidos.

“Esta colaboração é um fantástico exemplo do que o desporto pode fazer. Aproxima pessoas, não conhece barreiras”, sublinhou ao jornal israelita “The Jerusalem Post” , Kevin Musikanth, selecionador de Israel que juntamente com o seu homólogo dos EAU, Apollo Perelini, selaram um acordo que possibilitou a partida amigável que entrará para a história.

“Queremos aproximar os dois países através dos verdadeiros valores do râguebi, a solidariedade e o respeito”, disse no lançamento do jogo, Perelini, responsável pela equipa dos Emirados. “É um momento especial. Jogar este amigável é fantástico, e o mais importante não é o resultado. É o evento em si e é maravilhoso fazer parte dele”, acrescentou em declarações ao Khaleej Times. “Não é sobre quem ganha, ou quem perde. O grande vencedor é a amizade”, frisou.

A anteceder a partida no parque de râguebi da Dubai Sports City, as duas seleções realizaram treinos conjuntos.

Hoje, após o encontro oficial, alguns dos jogadores da seleção olímpica israelita e da seleção nacional dos Emirados Árabes Unidos trocam de campo para a realização de jogos misturando atletas de ambas as seleções.

Devido às restrições por causa da covid-19, não haverá público nas bancadas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.