"O dia que os jogadores nunca querem chegou. Penso que este é o momento certo para colocar um ponto final na minha carreira como futebolista e passar a dedicar-me exclusivamente à minha recente carreira como treinador", disse.

O antigo avançado do FC Porto e do Werder Bremen (Alemanha), que jogou em sete países europeus e foi internacional A pela seleção portuguesa, apontou 192 golos em 596 jogos da sua carreira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.