No estádio Ferenc-Szusza, com 13.501 pessoas a assistir, os magiares aumentaram para 11 a série de jogos sem perder, com sete vitórias e quatro empates.

Perante o 37.º do ‘ranking’ da FIFA, não apurado para o Euro, a Hungria voltou a não impressionar, a exemplo do que aconteceu há quatro dias (vitória de 1-0 sobre Chipre).

A Irlanda enviou mesmo uma bola à barra, com o cabeceamento de Ergan, aos cinco minutos. Só aos 39 a Hungria criou perigo, por Adam Szalai, seguindo-se outra ocasião de Kecsksès.

A jogar em 3-5-2, a Hungria foi mais pressionante no segundo tempo e esteve perto de marcar por três vezes, aos 55, 76 e 81, através de Szalai, avançado do Mainz, da liga alemã.

Sem perder jogos há nove meses, a Hungria é o primeiro adversário para Portugal, campeão em título, com o jogo agendado para o próximo dia 15, em Budapeste.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.