Golos de Brahimi e de Junio Rocha, este na própria baliza, aos 18 e 22 minutos, respetivamente, colocaram os 'dragões' a vencer por 2-0, mas os vila-condenses reagiram e conseguiram chegar ao empate na fase final da partida, com tentos de Nuno Santos, aos 85, e de Ronan, aos 90.

Apesar do empate, o FC Porto assumiu a liderança isolada do campeonato com 76 pontos, mais um do que o Benfica, segundo classificado e que joga no domingo em casa do Sporting de Braga, enquanto o Rio Ave é oitavo com 39.

Sérgio Conceição enfrenta insatisfação dos adeptos portistas

Logo após o desafio, os adeptos portistas concentraram-se junto ao autocarro da equipa, estacionado à frente do Estádio dos Arcos, para dar voz à sua desilusão.

À saída dos jogadores, cerca de uma centena de apoiantes dos 'azuis e brancos' dividiram-se entre apupos e aplausos aos jogadores, embora o tom de insatisfação com o resultado fosse mais audível.

O treinador do FC Porto saiu do estádio com o presidente portista, Pinto da Costa, e não evitou as críticas dos adeptos, abeirando-se de um grupo e ficando alguns minutos a ouvir os desabafos, antes de se dirigir para o autocarro.

Apesar da concentração dos adeptos, e da forte presença policial, não se registaram incidentes até à partida do autocarro de Vila do Conde.

(Notícia atualizada às 23h58)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.