A jornada ficou marcada pelo cancelamento da primeira especial do dia, a oitava do rali, devido ao posicionamento incorreto do público, e pelo azar de Tänak, no 10.º troço cronometrado, quando um furo o ‘atirou’ da liderança para o nono lugar.

Latvala terminou o dia com um tempo de 02:35.01,8 horas, com apenas 4,7 segundos de vantagem sobre o francês e pentacampeão Sébastien Ogier (Ford Fiesta).

O francês Sébastien Loeb (Citroën C3), sete vezes campeão do mundo, ocupa o terceiro lugar, a oito segundos do finlandês, enquanto o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), que lidera o campeonato, segue no quinto posto, a 12,7, atrás do britânico Elfyn Evans (Ford Fiesta), quarto a 9,8.

Tänak, que segue no terceiro lugar do campeonato, a 21 pontos de Neuville, concluiu a etapa no oitavo posto, a mais de um minuto da liderança.

No domingo cumprem-se os 61 quilómetros das quatro últimas especiais, entre as quais a ‘power stage’, do penúltimo rali do campeonato, cuja liderança da classificação de pilotos está na posse de Neuville e ‘presa’ por sete pontos sobre Ogier.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.