Num encontro muito equilibrado, o número um nacional esteve em desvantagem de um 'break' no primeiro 'set', mas respondeu no 10.º jogo, igualando a partida e levando esta para o 'tie break', que veio a perder diante do oitavo jgador do mundo por 7-3.

No segundo parcial, João Sousa, número 79 do mundo, 'quebrou' Ruud ao quinto jogo e passou para a frente, mantendo a vantagem de um 'break' e vencendo o'set' por 6-4.

A situação repetiu-se no terceiro 'set', quando Sousa 'quebrou' o adversário no quinto jogo, mas Ruud respondeu no 10.º, igualando a contenda, que teve de ser resolvida em novo 'tie break', no qual o jogador luso sofreu uma quebra, perdendo por claros 7-1.

O vimaranense, de 33 anos, falhou o quinto cetro da carreira, na sua 12.ª final no circuito ATP, depois de já ter vencido este ano em Pune, torneio que juntou aos de Kuala Lumpur (2013), Valência (2015) e Estoril (2018).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.