“Quero continuar a tentar ajudar a desenvolver o ténis nacional, neste âmbito fora do campo. É um objetivo pessoal que tenho sempre. Quero continuar a ajudar o ténis a evoluir e a crescer”, afirmou o número um português, 41.º do mundo.

Em declarações à Lusa, o presidente da Federação Portuguesa de Ténis reconheceu que a eleição do vimaranense pode ser benéfica para a modalidade.

“O João Sousa é um jogador que toda a gente conhece e é uma pessoa que tem mostrado grande ponderação nas suas decisões, por isso vai ser certamente uma mais-valia para a associação no seu trabalho de ajudar no desenvolvimento do ténis”, afirmou Vasco Costa.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.