O protocolo sanitário para a retoma do principal escalão do futebol nacional previa um rastreio ao novo coronavírus 48 horas antes dos jogos e outro o mais perto possível do arranque dos encontros, mas a equipa de especialistas da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Direção-Geral da Saúde (DGS) concordaram em testar os jogadores apenas 24 horas antes.

De acordo com a mesma fonte ligada ao processo, este agendamento dos testes justifica-se pelo curto intervalo temporal entre os jogos das 10 últimas jornadas da I Liga, que tem o seu reinício marcado para 03 de junho, com a receção do Portimonense ao Gil Vicente, e fim previsto para 26 de julho.

O reatamento do principal campeonato português de futebol consta no plano de desconfinamento do Governo face à pandemia de covid-19, que provocou o a suspensão, adiamento e cancelamento de praticamente todas as competições desportivas.

A Bundesliga foi reatada em 16 de maio, sem público e com fortes restrições, em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal está previsto o reinício das competições, enquanto França, Bélgica, Escócia e dos Países Baixos cancelaram os campeonatos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.