“Errar é humano, com certeza, mas também é desumano errar sempre para o mesmo. Todos nós temos de assumir as nossas culpas. Podemos errar, mas depois temos que assumir os nossos erros e consequências, como é óbvio”, começou por dizer na conferência de imprensa de antevisão à partida de domingo diante do Feirense.

Jorge Jesus frisou que é necessário diferenciar os tipos de erros, principalmente aqueles que têm consequências diretas no resultado.

“O importante distinguir as várias componentes destas situações. Eu falo pelo Sporting e por dois factos que toda a gente viu, particularmente, neste jogo que nos tirou da meia-final da Taça da Liga”, concluiu.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.