Certamente com o pensamento na partida da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, com o Atlético de Madrid, marcado para terça-feira, o técnico Massimiliano Allegri deixou o internacional português Cristiano Ronaldo no banco de suplentes, juntamente com Mandzukic, Dybala, Bonucci e Chiellini.

Apesar das várias poupanças, os heptcampeões italianos deram poucas hipóteses de reação à formação de Udine e chegaram ao intervalo a vencer por 2-0, com dois golos do jovem Moise Kean, de 19 anos, aos 11 e 39 minutos.

No segundo tempo, o avançado italiano conquistou uma grande penalidade, que foi convertida pelo alemão Emre Can, aos 67 minutos, antes de o francês Blaise Matuidi, aos 71, ‘castigar’ ainda mais a inoperância da Udinese, que iria reduzir através de Kevin Lasagna, aos 84.

O lateral luso João Cancelo ficou fora das opções da Juventus, devido a castigo, tal como o bósnio Pjanic, enquanto Douglas Costa, Juan Cuadrado, Khedira e De Sciglio estão a contas com problemas físicos.

Com este triunfo, o conjunto de Turim alargou para 19 pontos a vantagem sobre o Nápoles, segundo classificado, que no domingo visita o Sassuolo, quando faltam 11 jornadas para o final da ‘Serie A’.

Na terça-feira, a Juventus recebe o Atlético de Madrid, na segunda mão dos ‘oitavos’ da Liga dos Campeões, depois da derrota por 2-0 na capital espanhola.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.