O argentino Paulo Dybala, que tinha começado a partida no banco de suplentes, foi lançado para o lugar do lateral esquerdo brasileiro Alex Sandro no segundo tempo e, aos 69 minutos, anotou o único tento da partida.

Os internacionais portugueses Cristiano Ronaldo e João Cancelo foram apostas iniciais do técnico Massimiliano Allegri, ambos cumprindo os 90 minutos.

A Juventus, que vinha de um desaire por 2-0 com o Atlético de Madrid, na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, continua firme na liderança da ‘Serie A’, 69 pontos, mais 16 do que o segundo classificado, Nápoles, que hoje visita o Parma, do central luso Bruno Alves.

O Bolonha continua em zona de despromoção, no antepenúltimo e 18.º lugar, com mais oito pontos que o lanterna vermelha Chievo, que não saiu de um nulo (0-0) na receção ao Génova, 13.º colocado. Nos genoveses, Miguel Veloso foi lançado na segunda parte, enquanto Pedro Pereira não saiu do banco de suplentes.

A Sampdoria, nona classificada, colocou fim a uma série de três derrotas seguidas, vencendo em casa o Cagliari por 1-0, graças a um golo do experiente avançado Fabio Quagliarella, aos 66 minutos, de grande penalidade.

No outro jogo do dia, o Sassuolo empatou 1-1 na receção à SPAL, com Federico Peluso a adiantar os ‘neroverdi’, aos 43 minutos, antes de o avançado Andrea Petagna empatar para os ‘biancazzurri’ e fixar o resultado final, aos 68, de grande penalidade.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.