Numa nota enviada à agência Lusa, Porfírio Silva, membro do Secretariado Nacional do PS e vice-presidente da bancada socialista, acusa o presidente do PSD de estar “a embrulhar ideologia retrógrada com desinformação, particularmente no que toca à educação”.

“Rui Rio pretende que o Governo do PS desprezou o ensino profissional. Acho que devia estar a referir-se ao Governo do PSD, que fez tudo o que conseguiu para afogar o ensino profissional, apesar da retórica de que já tínhamos doutores e engenheiros a mais”, escreve o dirigente socialista.

Porfírio Silva recorre depois a um recente documento do Conselho Nacional de Educação, segundo o qual, no que diz respeito aos cursos profissionais, “registou-se um acréscimo de 112.395 para 116.305, no mesmo período [entre 2015/2016 e 2019/2020]”.

“A proporção de alunos matriculados em cursos profissionais também cresceu de 28,7% do total de matriculados no ensino secundário para 30%”, refere, citando o mesmo documento.

Ainda de acordo com Porfírio Silva, no que diz respeito às conclusões do ensino secundário em cursos profissionais, entre 2015/2016 e 2019/2020, o Conselho Nacional de Educação conclui que se verifica “um aumento de 3602, tendo-se alcançado no último ano os 28 604 certificados".

"Apesar de uma idade de conclusão um pouco mais elevada nos cursos profissionais do que nos cursos científico-humanísticos, indiciando uma composição social mais desfavorecida dos alunos, as taxas de conclusão são mais elevadas nos primeiros (...), o que mostra uma maior eficácia da educação profissional”, acrescenta, citando o mesmo documento.

O membro do Secretariado Nacional do PS deixa depois um desafio ao líder social-democrata: “E que tal estudar os assuntos?”

“Não, não é o Governo que faz tudo sozinho, mas o Governo do seu partido tratou mal o ensino profissional e o Governo do PS tratou de voltar a encarar o ensino profissional como uma prioridade”, sustenta o dirigente socialista.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.