O clube recebeu a autorização prévia das autoridades locais para ocupar um quinto da Arena Leipzig, mas a permissão fica dependente da evolução do índice de infeção na região.

Atualmente, a taxa é de 3,2 casos novos por semana por 100 mil habitantes e se este valor ficar abaixo de 20, o público poderá regressar ao estádio do Leipzig no jogo inaugural com o Mainz.

Os 8.500 espectadores irão permitir ocupar um lugar em cinco, obedecendo ao protocolo de saúde proposto pela Liga Alemã de Futebol (DFL), sendo obrigatório o uso de máscaras e o distanciamento. É proibida a venda de álcool e adeptos da equipa adversária.

Vários outros clubes da ‘Bundesliga’ já solicitaram permissão às autoridades locais para permitir o regresso dos adeptos aos seus estádios, mesmo que em pequeno número, como os casos do Hertha Berlim, Union Berlin, Eintracht Frankfurt e Wolfsburgo.

Antes mesmo do regresso da temporada 2020/21 da liga alemã de futebol, em 18 de setembro, alguns estádios germânicos registarão a presença de público para a primeira eliminatória da Taça da Alemanha, a decorrer de 11 a 14 de setembro.

A DFL, promotora da Taça, colocou nas mãos de cada cidade a decisão do regresso do público aos estádios e na ausência de consenso ao nível federal serão as secretarias de saúde regionais ou municipais, que administram as medidas preventivas contra a pandemia de covid-19, que decidem.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.