O piloto britânico Lewis Hamilton está muito perto de se transformar num dos novos donos dos Broncos, equipa de futebol americano (NFL), com base em Denver, nos Estados Unidos.

Hamilton juntou-se a um grupo de investidores de peso nesta aquisição, concretamente a ex-secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, e ainda Mellody Hobson, presidente da Starbucks.

"Estamos muito satisfeitos em receber o sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 Sir Lewis Hamilton no nosso grupo de proprietários. Ele é um campeão que sabe o que é preciso para liderar uma equipa vencedora", comunicou o Grupo Walton-Penner, do qual o britânico irá fazer parte.

O piloto também não deixou de reagir a esta notícia, comemorando o acordo na sua rede social Twitter, vestindo o seu famoso cachorro Roscoe com as cores da equipa três vezes vencedora do Super Bowl: "Animado para juntar-me a um grupo incrível de proprietários e fazer parte da história dos Broncos! Honrado por trabalhar com uma equipa de classe mundial e servir como exemplo do valor de uma liderança mais diversificada em todos os desportos. O Roscoe já pensa que faz parte da equipa!", escreveu.

O preço de venda, refira-se, é um recorde para uma franquia desportiva norte-americana. O grupo Walton-Penner foi, de acordo com a ESPN americana, um dos quatro grupos que avançaram para compra, tendo conseguido 'vencer a corrida' a troco de 4,7 mil milhões de dólares.

Recorde-se que Lewis Hamilton esteve, num outro consórcio com a tenista Serena Williams, na corrida para comprar o Chelsea, após as sanções impostas a Roman Abramovich pelo Governo do Reino Unido e pela União Europeia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.