Os números divulgados hoje pela UEFA mostram que a caminhada dos ‘encarnados’ até aos quartos de final valeram 36,155 milhões de euros, dos quais 7,3 de mercado televisivo, e que o FC Porto, eliminado na fase de grupos, juntou aos 22,24 milhões de euros da Liga dos Campeões 590 mil da presença nos 16 avos da Liga Europa.

Já o Sporting recebeu 3,954 milhões pela presença no ‘play-off’ de acesso à fase de grupos, aos quais acrescentou 5,615 milhões de euros da participação na fase de grupos e nos 16 avos de final da Liga Europa.

No total da principal competição de clubes, a UEFA vai pagar 1,342 mil milhões de euros aos 32 clubes envolvidos na fase de grupos em 2015/16 e aos 10 eliminados no ‘play-off’, mais do que 315 milhões que na época anterior.

Relativamente às equipas portuguesas que apenas competiram na Liga Europa, o Sporting de Braga tem a receber 8,526 milhões de euros, o Belenenses 4,181 milhões de euros e o Vitória de Guimarães 220 mil euros, este como pagamento de solidariedade.

Neste caso, o ‘bolo’ ascende aos 411,1 milhões de euros a ser partilhados pelos 56 clubes que participaram na fase de grupos e na fase a eliminar da edição de 2015/16.

Na Liga dos Campeões, os clubes que vão receber mais são Manchester City (83,8 milhões de euros), Real Madrid (80) — vencedor da competição -, Juventus (76,2) e Paris Saint-Germain (70,8), enquanto as maiores receitas na Liga Europa vão para o Liverpool (37,8), Tottenham (20,8), Villarreal (16,4) e Lazio (15,3).

A Lazio acumulou ainda 13,8 milhões de euros da presença nos ‘play-offs’ da Liga dos Campeões e o Sevilha, que acabaria por ganhar a Liga Europa pela terceira vez seguida, somou 13,8 milhões de euros desta competição e 21,1 milhões da participação na fase de grupos da ‘Champions’.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.