O internacional luso, que recuperou de uma lesão grave que o afastou cinco meses dos relvados, já foi, recentemente, usado em alguns compromissos das provas nacionais, e revelou estar pronto para fazer a estreia, esta época, na ‘Champions'.

“Depois de tanto tempo lesionando, há sempre restrições e alguns cuidados a ter. Mas, estou bem fisicamente e apto para jogar, não tenho limitações de dores”, garantiu o médio.

Danilo considerou que este duelo com os turcos, que lideram o grupo, "será importante" para as aspirações da equipa portista na competição e antecipou muitas dificuldades.

“Jogamos em casa, e é uma grande responsabilidade, mas não deixa de ser um jogo como os outros. Será complicado, intenso, difícil nos confrontos físicos e com muitos duelos no meio campo, mas em que temos de ganhar a primeira e segunda bola”, antecipou.

Uma vitória neste embate colocará o FC Porto numa boa posição para alcançar a qualificação para os oitavos de final da prova, mas Danilo lembra que "a competição é longa".

"Será importante atingir cedo os objetivos, mas temos de vencer jogo a jogo. Este é o mais importante porque é agora. Queremos ganhar, mas vamos apenas no segundo jogo", analisou.

Neste embate, Danilo poderá encontrar, na equipa adversária, o médio brasileiro Fernando, que já ocupou a sua posição no meio-campo do FC Porto, num embate que o médio considera que "será interessante".

"É sempre bom reencontrar jogares que tiveram uma história importante no FC Porto. É um jogador que admirava, mas isso, em campo, não conta. Vai haver rivalidade saudável e quem tiver mais espírito vencedor vai ganhar. Espero que sejamos nós", afirmou.

Instando a fazer uma avaliação ao seu peso na equipa, Danilo sentiu que o regresso à competição fortaleceu o grupo, mas encarou tal, também, como uma "responsabilidade".

"Sinto que o meu regresso é importante, creio que tenho algum peso no grupo, tanto fora como dentro de campo, e sinto o peso dessa responsabilidade", analisou.

A avaliação do médio foi corroborada pelo treinador Sérgio Conceição, que não abrindo o jogo sobre a utilização de Danilo neste desafio, enalteceu a sua disponibilidade.

"É um dos 20 convocados, e é importante para nós. Não só pelo seu espírito dentro de campo, mas, também, por aquilo que representa no balneário. Fiquei muito feliz pelo seu regresso. Poderá jogar ou não, depende do que eu achar do que é a gestão da equipa, e percebendo que tem vem de cinco meses paragem e precisa de alguns cuidados", analisou Sérgio Conceição.

O FC Porto, segundo classificado do grupo D, com um ponto, recebe na quarta-feira, na segunda jornada, os turcos do Galatasaray, primeiro, com três, num jogo agendado para as 20:00, que terá arbitragem do inglês Michael Oliver.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.