“Queremos jogar em Manchester”, disse o treinador espanhol, que deixou claro que vai aceitar qualquer que seja a decisão da UEFA sobre a competição.

Com a paragem da competição, ficaram por decidir quatro embates da segunda mão dos oitavos de final da ‘Champions': Manchester City-Real Madrid (2-1, na primeira mão), Juventus-Lyon (0-1), Bayern de Munique-Chelsea (3-0) e FC Barcelona-Nápoles (1-1).

Caso estas quatro partidas, agendadas para 07 e 08 de agosto, não se possam realizar nos países para os quais estavam inicialmente marcadas, devido à pandemia de covid-19, serão disputadas em Portugal.

Em 17 de junho, a UEFA anunciou que a Liga dos Campeões, suspensa em março devido à pandemia de covid-19, seria definida através de uma inédita ‘final a oito’ a realizar em campos neutros, em Lisboa, nos estádios da Luz (Benfica) e José Alvalade (Sporting), entre 12 e 23 de agosto.

Os jogos dos quartos de final terão lugar entre 12 e 15 de agosto, enquanto as meias-finais realizar-se-ão em 18 e 19, e a final em 23.

As eliminatórias da ‘final a oito’ serão decididas em apenas uma partida, ao contrário das habituais duas mãos, sendo que, até ao momento, já se apuraram para os ‘quartos’ Atalanta, Leipzig, Atlético de Madrid – que eliminou o campeão europeu em título, Liverpool – e Paris Saint-Germain.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.