A praia de Ribeira d’Ilhas, Ericeira, marca o arranque da edição 2019 da Liga MEO Surf, no dia 1 de março, uma competição que este ano atribui 100 mil euros de prémios (mais 10 mil euros que a edição passada) e percorre literalmente o país de norte a sul, ao longo de cinco etapas.

O regresso ao Algarve, praia do Amado, em Aljezur (21 a 23 de junho) é uma das principais novidades de uma prova que passa pela Figueira da Foz (29 a 31 de março), Porto (17 a 19 de maio) e termina no Guincho (3 a 5 de outubro).

créditos: Pedro Mestre/ANSurfistas

Outra novidade para a temporada é o Santander Ranking. Uma licra (espécie de camisola amarela) que será sempre atribuída aos surfistas no topo dos rankings masculinos e femininos ao longo da temporada. O espanhol Gony Zubizarreta e Camilla Kemp são os atuais líderes do ranking nacional e entram na Ericeira nessa qualidade.

A edição deste ano, tal como a do ano passado, extravasa o que se passa dentro de água, com a Liga MEO Surf a consolidar a sua pegada no domínio da sustentabilidade. Depois das limpezas de praia pela Fundação Altice que em 2018 retirou mais de uma tonelada de plástico das praias, juntam-se as iniciativas da Jerónimo Martins nos campos da alimentação saudável e da preservação da biodiversidade.

“Se por um lado reforçamo-nos territorialmente ao voltarmos ao Algarve, por outro, o compromisso com a sociedade é cada vez mais profundo. Queremos não só proporcionar uma plataforma de competição por excelência, como também trabalhar o surf como elemento nuclear de desenvolvimento socioeconómico”, sublinhou Francisco Rodrigues, Presidente da Associação Nacional de Surfistas.

Nível feminino em crescimento

No campo da sustentabilidade, João Kopke veste a pele de embaixador desta causa. Uma pele que muito lhe “honra” e que assenta que nem uma luva ao modo de vida deste jovem surfista de 23 anos que entra no circuito nacional “a correr por fora”. Uma corrida lateral que não impediu que, sem querer, quase fosse campeão, no ano passado.

As preocupações de Kopke vão, no entanto, muito além da luta pelos lugares cimeiros da Liga MEO de surf. “A praia é o local onde faz sentido falar em sustentabilidade”, começou por afirmar em declarações ao SAPO24. “Estou mais focado nas questões ambientais, em procurar passar a mensagem que devemos prescindir de, por exemplo, do plástico, recorrendo a outros materiais em prol do meio ambiente e do futuro dos nossos filhos”, frisou.

créditos: Pedro Mestre/ANSurfistas

Para Camilla Kemp, que depois de quatro segundos lugares alcançou o título em 2018, depois do “sonho” concretizado a “reconquista do título” passa a ser o objetivo, uma luta que será disputada “etapa a etapa”, antecipa.

A surfista reconhece que o nível de surf feminino em Portugal “está a crescer” com a emergência de novos valores e que será, este ano, o título “mais disputado de sempre”. Destaca, nesse capítulo, Yolanda Hopkins, Malfada Lopes ou Kika Veselko, além de Carol Henrique e Teresa Bonvalot, as suas “principais concorrentes” e com quem tem feito “muitas viagens internacionais”.

Conciliar a competição interna com as provas internacionais tem sido um desafio para a surfista de 22 anos. “Quero competir na Liga e aproveitar o máximo possível”, adiantou. Mas o “sonho” passa pela entrada “na elite mundial do surf”, onde nenhuma portuguesa conseguiu entrar, um caminho que deverá ser feito “passo a passo”, tendo como inspiração “Stephanie Gilmore” e “Clarissa Moore”, enumera.

Miguel Blanco, campeão nacional de 2018, regozija com a incursão algarvia do circuito nacional. “Vejo com muitos bons olhos este regresso. Não podia estar mais feliz com esta notícia, pois a Praia do Amado no verão é incrível e tem ondas muito boas”, frisou.

As cinco etapas da Liga MEO Surf podem ser acompanhadas em direto na Sport TV.

Calendário da Liga MEO Surf 2019

1ª etapa – 1 a 3 de março – Allianz Ericeira Pro

2ª etapa – 29 a 31 de março – Allianz Figueira Pro

3ª etapa – 17 a 19 de maio – Renault Porto Pro

4ª etapa – 21 a 23 de junho – Allianz Algarve Pro

5ª etapa – 3 a 5 de outubro – Bom Petisco Cascais Pro

(O SAPO24 é a marca de informação do Portal SAPO, detido pela MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., propriedade da Altice Portugal)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.