Líder da prova no arranque da ronda, o Lille apenas dependia de si para vencer o campeonato e cedo se adiantou no marcador, quando Jonathan David marcou com assistência de Renato Sanches, logo aos 10 minutos, tendo Burak Wilmaz ampliado, aos 45+1, com o Angers a reduzir já perto do apito final, por Angelo Fulgini, aos 90+2.

No Lille, que venceu o campenato com 83 pontos, mais um do que os parisienses, além de Renato Sanches, que saiu aos 82 minutos, jogaram ainda Tiago Djaló e Xeka, que entrou aos 82. José Fonte, castigado, falhou o encontro decisivo.

A necessitar de vencer e que o Lille escorregasse, o Paris Saint-Germain, que ainda sonhava com um 10.º título, cumpriu a sua parte, vencendo 2-0 em casa do Brest, numa partida em que Danilo foi titular.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.