Jurgen Klopp sugeriu este fim de semana que o Liverpool poderá ser o seu último clube antes da reforma.

O técnico de 49 anos que começou a sua carreira de treinador no Mainz, onde ficou 7 anos antes de se mudar para o Borussia de Dortmund em 2008, clube onde alcançou o maior dos sucessos com um bicampeonato, duas Supertaças da Alemanha, assim como uma Taça da Alemanha, para além de ter alcançado a final da Liga dos Campeões, frente ao Bayern de Munique, diz não ter intenção de passar por um variado número de clubes durante a sua carreira e admite que o seu lugar enquanto técnico em Anfield pode mesmo a vir a ser o seu último.

"Eu não vou ter passado por 10 clubes diferentes quando a minha carreira acabar", disse o alemão em entrevista à Sport1.

Depois de ter chegado ao seu terceiro clube, Klopp diz que é muito improvável que, de repente, comece a trocar de clube constantemente. "É sempre muito fácil comprometer-me plenamente com o que estou a fazer, porque são muitas vezes projetos de longo prazo".

"Se eu cumprir o meu contrato com o Liverpool, há uma boa probabilidade de eu ganhar alguma coisa aqui", continuou o homem forte dos reds. "Eu posso ficar numa posição desconfortável se não ganharmos nada. As pessoas esperam que o Liverpool conquiste troféus".

Em Anfield Road Jurgen Klopp ainda não conquistou qualquer troféu tendo, na sua época de estreia, perdido a final da Taça da Liga, a final da Liga Europa e terminado o campeonato em 8º lugar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.