À quarta jornada, os ‘reds’ sabiam que precisavam de vencer para se juntarem aos rivais, após as vitórias dos ‘red devils’ e dos ‘blues’ no sábado, mas o jogo de hoje com o Leeds ficou marcado pela lesão, ao que tudo indica grave, de Harvey Elliot.

Elliot teve de ser substituído aos 63 minutos por Jordan Henderson, após um lance que valeu a expulsão ao holandês Pascal Struijk e agravou a situação também para o Leeds, quando já perdia por 2-0.

Com o futebolista internacional português Diogo Jota a titular, o Liverpool tinha chegado à vantagem graças a golos da ‘estrela’ egípcia Mohamed Salah, aos 20, e do brasileiro Fabinho já na segunda parte, aos 50.

Já nos descontos, foi Sadio Mané, que tinha desperdiçado algumas oportunidades, a inscrever o nome nos marcadores, ao apontar o terceiro golo, aos 90+2, após boa combinação com Henderson, Thiago Alcântara e o senegalês.

O triunfo deixa o Liverpool com os mesmos 10 pontos de Chelsea, que no sábado venceu em casa o Aston Villa (3-0), e de Manchester United, equipa que voltou a contar 12 anos depois com o português Cristiano Ronaldo.

No seu regresso a Old Trafford e à Liga inglesa, Cristiano Ronaldo marcou os dois primeiros golos no triunfo frente ao Newcastle (4-1), no que foram o 119.º e 120.º da sua carreira pelos ‘red devils’, que viram também Bruno Fernandes marcar, o terceiro do jogo, num grande pontapé de fora da área.

Numa jornada em que o Tottenham foi a grande deceção, ao perder a liderança após ser derrotado por 3-0 em casa do Crystal Palace – num jogo em que perdeu Dier por lesão e viu Tanganga ser expulso -, o Everton também pode juntar-se ao trio da frente, caso vença na segunda-feira na receção ao Burnley.

Ainda em relação ao Liverpool, a equipa de Jürgen Klopp integra o Grupo B da Liga dos Campeões, com FC Porto – que visita em 29 de setembro e recebe em 24 de novembro -, Atlético de Madrid e AC Milan.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.