O piloto espanhol caiu por quatro vezes durante os treinos para o GP da Indonésia, a ronda anterior, ganha pelo português Miguel Oliveira (KTM), tendo sofrido uma recaída da diplopia (visão dupla) que já o afetara no ano passado, na sequência de uma forte pancada sofrida na última das quedas, durante a sessão de ‘warm-up’.

O oftalmologista espanhol Sánchez Dalmau admite que o piloto catalão está a “evoluir de forma notável” e reafirma que a melhoria da sua visão “é favorável”.

No entanto, sublinha que “a recuperação ainda não está terminada” pelo que Marc Márquez “deve continuar com a pausa terapêutica estabelecida com o tratamento conservador” a que foi sujeito, disse, em nota publicada pela equipa Repsol Honda.

Marc Márquez, de 28 anos e que já foi oito vezes campeão mundial (uma de 125cc, um de Moto2 e seis de MotoGP), já tinha sofrido lesão idêntica em 2021, falhando, na altura, as duas últimas corridas da temporada, em Portimão e em Valência.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.