A russa de 30 anos, que triunfou na prova de terra batida em 2012 e 2014, está fora do 'top 200', pelo que nem sequer consegue ir à qualificação.

Após o seu regresso de um castigo de 15 meses devido a doping, Sharapova já disputou três torneios, todos graças a convite.

O anúncio da recusa foi feito pelo presidente da federação francesa de ténis, Bernard Giudicelli, que revelou ter comunicado a decisão pessoalmente à atleta.

Roland Garros principia a 28 de maio e também não vai contar com o suíço Roger Federer, que optou por preparar a época para relva e piso sintético, prescindindo da única competição em terra batida que estaria nos seus planos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.