Verstappen, que liderou desde o arranque, concluiu as 71 voltas com 15,186 segundos de vantagem sobre o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) e 18,097 sobre o companheiro de equipa, o mexicano Sérgio Pérez (Red Bull).

Com este resultado, o já campeão chega aos 416 pontos, estabelecendo um novo máximo na história da Fórmula 1, batendo os 413 fixados por Lewis Hamilton em 2019.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.