Miguel Oliveira, piloto português da Red Bull Tech 3 KTM, terminou em 8.º na primeira corrida virtual de MotoGP, evento de esports que utilizou o jogo oficial MotoGP 2019. O palco foi o GP Itália, em Mugello. O espanhol Alex Márquez (Honda) foi o vencedor. Fabio Quartararo (Yamaha) fez a melhor volta com o tempo de 1m44s.

Com o calendário 2020 do MotoGP suspenso devido ao Covid-19, a Drona, detentora dos direitos da prova maior do motociclismo mundial, convidou 10 pilotos para entrarem numa competição sem saírem de casa.

Sentado no sofá e aos comandos da playstation, o nº 88 partiu ao lado de velhos conhecidos das pistas: Alex e Marc Márquez (Repsol Honda), Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha), Fabio Quartararo (Petronas Yamaha SRT), Alex Rins e Joan Mir (Suzuki), Aleix Espargaró (Aprilia) e Francesco Bagnaia (Ducati). Valentino Rossi, não entrou nas pistas virtuais. Depois de cinco minutos de qualificação, os pilotos deram seis voltas ao circuito.

A segunda corrida virtual terá lugar a 12 de abril.

Outro evento que saltou das pistas para as salas foi o Nascar. Hoje, às 18h00, decorre a 2ª Corrida do eNascar iRacing Pro Invitational Series (Virtual Texas Motor Speedway). No passado fim de semana, na prova inaugural em Miami, correram 35 carros com atuais e antigos pilotos da Nascar. Denny Hamlin foi o vencedor das 100 voltas sem sair de casa.

(Artigo corrigido às 16h20 com a correção da classificação final do piloto)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.