O piloto natural de Almada partiu do 14.º lugar da grelha de partida para alcançar o melhor resultado do ano e o terceiro pódio consecutivo, depois dos terceiros lugares nos Grandes Prémios da Argentina e das Américas.

Miguel Oliveira, que no sábado confirmou a promoção para o MotoGP, concluiu a corrida 2,851 segundos depois de Baldassarri, enquanto o também italiano Francesco Bagnaia, líder do Mundial, não foi além do terceiro lugar, a 6,25 do seu compatriota.

Com este segundo lugar, o português subiu do quarto para o terceiro lugar da classificação de pilotos, com 63 pontos, menos 10 do que Bagnaia, enquanto Baldassarri subiu ao segundo posto, com 64.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.