Miguel Oliveira, que fez dupla com o pai, Paulo Oliveira, concluiu as 21 voltas desta segunda corrida integrada na 51.ª edição do Circuito Internacional de Vila Real a 57,872 segundos dos vencedores, enquanto Bruno Pires e Fábio Mota (Porsche) foram segundos, a 50,515 segundos.

Esta segunda corrida do campeonato nacional ficou marcada por um acidente logo na primeira volta que deixou de fora quatro pilotos, casos de Francisco Mora (Cupra), Francisco Carvalho (McLaren), Patrick Cunha (Audi) e Ondrej Krupka (Skoda).

Paulo Oliveira fez o primeiro turno de condução, entregando na segunda metade da prova o carro ao filho, que participa no Mundial de MotoGP com a KTM, foi convidado por um patrocinador para participar nesta segunda jornada dupla do campeonato nacional, tendo vencido a categoria TCR.

Na primeira corrida, disputada no sábado, Miguel Oliveira cortou a meta na quarta posição mas viu-se promovido ao segundo lugar depois da desclassificação da dupla Francisco Carvalho/Miguel Cristóvão e a penalização atribuída a Bruno Pires/Fábio Mota.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.