Dois anos depois de ser campeã em Londres2017, a Corniche de Doha não lhe trará boas recordações, já que foi forçada a desistir, quando seguia na sexta posição. Foi levada para o posto médico da prova e ficou em recuperação durante algum tempo, mas acabou por seguir depois para o hotel da comitiva portuguesa.

Chegou a andar na frente da prova, a par de uma concorrente chinesa, mas depois começou a perder posições, até ao sexto lugar, quando acabou por ser mais uma vítima das difíceis condições de corrida - pela hora, pela temperatura e pela humidade.

A outra portuguesa em competição, Mara Ribeiro, estreante em Mundiais, fez uma prova mais 'contida' e andou quase sempre pelo 20.º lugar, mas na parte final beneficiou de algumas desistências para chegar a 15.ª, com a marca de 4:58.44.

A China fez a dobradinha, com Rui Liang (4:23.26) e Maocuo Li (4:26.40) e o bronze ficou para Eleonora Giorgi (4:29.13).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.