"Na noite da eleição disse que não seria candidato. Falei verdade. Ponderei seriamente a possibilidade de me candidatar de novo. Tomei a decisão de não me candidatar. Foi uma das decisões mais difíceis da minha vida", afirmou o empresário, em conferência de imprensa.

Nas eleições de 29 de outubro de 2020, quando foi derrotado pelo antigo presidente Luís Filipe Vieira (62,59%), Noronha Lopes obteve 34,71% dos votos.

Luís Filipe Vieira renunciou à presidência dos ‘encarnados’ em 15 de julho último, após ter sido eleito pela primeira vez para o cargo em 2003 e ter-se tornado no presidente com mais tempo na liderança do Benfica.

Vieira foi um dos quatro detidos no processo Cartão Vermelho, que envolve negócios e financiamentos superiores a 100 milhões de euros, com prejuízos para o Estado, SAD do clube e Novo Banco.

O antigo futebolista Rui Costa, antigo administrador da SAD e vice-presidente na direção de Vieira, assumiu a liderança do clube e da SAD, defendendo a marcação de eleições até ao fim do ano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.