Ontem, o objetivo das equipas que integram o grupo principal era entrarem em primeiro nos ventos alísios de nordeste, e o Brunel fez exatamente isso. "Não são ventos alísios muito estáveis, com refregas e nuvens", disse o skipper Bouwe Bekking na manhã de hoje. Mas, logo a seguir, a sua equipa estava a fazer quase 20 nós e a seguir para norte, aumentando a pequena vantagem para dois dígitos.

Mas agora há um novo problema para a frota: enormes aglomerados de algas a flutuar e logo abaixo da superfície. “Às vezes, especialmente de noite, podemos de repente passar de 18 nós para 12. É necessário ser rápido para nos livrarmos das algas à volta dos lemes, quilha e patilhões. Temos um truque, mas eu agora não vos posso contar, já que fizemos tudo bem durante a noite e conseguimos alguns ganhos, provavelmente estamos a navegar com menos algas presas a nós".

As principais equipas ainda estão muito próximas, com o Dongfeng Race Team mais a oeste e o Turn the Tide on Plastic a sul do Team Brunel, com 10 e 14 milhas de atraso.

"Acabamos de sair dos Doldrums e estamos em boa forma a oeste da frota, atrás do líder Brunel, mas estamos a ir para oeste", disse o skipper francês Charles Caudrelier. "Ainda há muitas armadilhas à nossa frente até Newport, mas estamos numa boa posição para atacar e tentar ganhar a nossa primeira etapa, o que obviamente seria muito bom para a equipa".

No entanto a luta está garantida, o Turn on Tide on Plastic de Dee Caffari, também quer assegurar o melhor resultado da competição. "Levámos algum tempo, esforço e energia para superar esta zona (os Doldrums) até que finalmente temos uma direção e pressão do vento consistentes, ficamos muito satisfeitos por termos alcançado os alísios do nordeste", escreveu Caffari.

“Agora vamos com todo o pano a todo vapor ao longo da rota escolhida, enquanto fazemos nossa rota curva para Newport. A previsão é bastante boa para os próximos dias ... o que significa que temos que ser mais rápidos para que podre continuar com o grupo da frente”.

O Vestas 11th Hour Racing, que liderava ontem, sofreu nas nuvens dos Doldrums e está agora está mais a leste do que o grupo da frente , com 30 milhas de atraso.

Depois, um pouco mais para trás o MAPFRE, o AkzoNobel e o SHK / Scallywag, já apanharam os mesmos ventos do nordeste e também estão a navegar rapidamente em direção a Newport, vão a fazer entre 17 e 20 nós.

Com as equipas agora nos ventos alísios, o Race Control emitiu um ETA (previsão de chegada) preliminar para Newport, a previsão aponta para a tarde de 8 de maio (UTC). Ainda a uma semana de distância, isto ainda pode mudar, e será atualizado antes do final da semana.

8ª etapa - Classificação às 16:30 UTC - 1 de maio de 2018

  1. 1. Brunel (Bouwe Bekking) 2734,18 milhas para o final.
  2. 2. Dongfeng (Charles Caudrelier) + 9,75 milhas
  3. Turn the Tide on Plastic (Dee Caffari) + 14,22 milhas
  4. 4. Vestas 11th Hour Racing (Charlie Enright) + 32,71 milhas
  5. MAPFRE (Xabi Fernandez) + 65,65 milhas
  6. 6. AkzoNobel (Simeon Tienpont) + 85,35 milhas
  7. 7. Sun Hung Kai/Scallywag (David Witt) + 168,71 milhas

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.