Rei e senhor da Taça da Liga durante os primeiros anos da competição, em que somou sete títulos, o SL Benfica tem atravessado uma fase complicada. O empate desta terça-feira a uma bola no terreno do Sporting da Covilhã é o segundo da temporada na fase de grupos, depois do nulo em casa diante do Vitória SC, e é também o sublinhar de uma fase difícil na relação entre os encarnados e a competição.

SL Benfica soma na Covilhã segundo empate na Taça da Liga
SL Benfica soma na Covilhã segundo empate na Taça da Liga
Ver artigo

O jogo diante a equipa da segunda divisão portuguesa foi o primeiro, na história da Taça da Liga, que o Benfica não conseguiu vencer, depois de sete jogos disputados com equipas de escalões inferiores todos eles com o mesmo resultado: uma vitória. A curiosidade coincide ainda com o facto de este ser o primeiro jogo desta temporada que as águias, na condição de visitante numa competição nacional, não vencem.

Podemos dizer que as coisas começaram a entortar-se na época 2016/17, ano em que o Moreirense comandado por Augusto Inácio eliminou o Benfica, então comandado por Rui Vitória, nas meias-finais e, numa final disputada frente ao Sporting de Braga, venceu pela primeira vez a Taça da Liga. Essa edição interrompe dois anos consecutivos de vitórias pintadas a vermelho e branco e começa um período em que a equipa da Luz não volta sequer a alcançar uma final.

No entanto, é desde que Bruno Lage assumiu o comando técnico dos encarnados que as coisas ficaram mais cinzentas. Desde que é treinador principal das águias, Lage não conseguiu ainda vencer um único jogo na Taça da Liga, somando uma derrota nas meias-finais frente ao FC Porto, na temporada passada (1-3), e dois empates na presente época.

Mais: o Benfica igualou esta terça-feira o seu pior registo na competição, ao somar o quarto jogo sem vencer. No total, nos últimos 10 jogos, as águias venceram dois encontros, empataram seis e saíram derrotados em duas ocasiões.

Não deixa de ser curioso, ainda assim, que o clube que puxa para baixo os números das águias, o faça quebrando uma série de seis derrotas consecutivas diante da equipa encarnada, tendo estado inclusive perto de uma grande feito da equipa do Sporting da Covilhã de 1962 que venceu o Benfica de Eusébio, Coluna, Simões e companhia por 2-1.

Recorde-se que o Benfica é atualmente líder isolado do campeonato, com dois pontos de vantagem sobre o FC Porto, segundo classificado, e está nos oitavos-de-final da Taça de Portugal, onde vai defrontar o Sporting de Braga. Além disso, nas competições europeias, é o último classificado do grupo G da Liga dos Campeões, onde ainda luta por um lugar na Liga Europa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.