As notícias que ditavam a ruptura entre o treinador e o clube portista já vinham a ganhar força na imprensa nas últimas horas, mas só agora foi oficializada a separação entre ambas as partes.

"O FC Porto e Nuno Espírito Santo chegaram na tarde desta segunda-feira a um entendimento para a rescisão do contrato de trabalho do treinador por mútuo acordo", pode ler-se no site oficial do clube.

Após ter sido noticiada a decisão num curto comunicado no sítio oficial, o clube partilhou a mesma informação nas redes sociais.

Aquando da sua apresentação, ainda antes de orientar a primeira sessão de trabalho como treinador da equipa portista, Nuno Espírito Santo reiterava os objetivos para o futuro e da sensação de "estar em casa", alertando para o "trabalho importante" que "havia" pela frente.

Proveniente dos espanhóis do Valência, tinha assinado por duas temporadas, tendo como missão recuperar o clube de uma época vazia de títulos, que tinha terminado, em 2015/2016, com os ‘azuis e brancos’ no terceiro lugar da I Liga, muito longe dos rivais Benfica (1.º) e Sporting (2.º), e com o pior registo de perda de pontos deste século.

A Nuno Espírito Santo, que substituiu José Peseiro, que por sua vez tinha rendido o espanhol Julen Lopetegui em janeiro, era pedido que recolocasse o clube na senda dos títulos, após o jejum ao longo das últimas três épocas, em que a exceção foi a conquista da Supertaça de 2013/14, por Paulo Fonseca.

Mas a derrota por 3-1, na última jornada do campeonato frente ao Moreirense, terá sido 'a gota de água', algo que se verificou no comportamento dos adeptos, quando a equipa se dirigiu à bancada para agradecer o apoio.

Assobios e palavras de descontentamento foram dirigidas aos jogadores e equipa técnica 'azul e branca'.

Esta temporada, o FC Porto caiu nos oitavos da Liga dos Campeões perante (e agora finalista) a Juventus, saiu derrotado na 4ª eliminatória da Taça de Portugal frente ao Desportivo de Chaves e não passou da fase de grupos da Taça da Liga.

Escreve o MaisFutebol que a "direção azul e branca já procura o sucessor e quer anunciá-lo o mais rapidamente possível".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.