O piloto estónio, de 30 anos, somou a terceira vitória da carreira no WRC, ao dominar a prova com vitórias em 10 das 18 especiais, controlando nas últimas três etapas do dia a liderança sobre o belga Thierry Neuville (Hyundai i20), segundo a 37 segundos, e o outro Hyundai, o espanhol Dani Sordo, terceiro a mais de um minuto.

Apesar de ter sido segundo, Neuville tem motivos para sorrir, uma vez que reduziu a distância para o líder do campeonato, Ogier, que foi quarto na argentina e tem 100 pontos, mais 10 que o belga, com Tänak em terceiro com 72.

A próxima prova do Mundial de ralis é o Rali de Portugal, de 17 a 20 de maio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.