Pedro Sousa, 107.º classificado do ranking mundial, impôs-se na eliminatória inaugural a um tenista que estava a participar na prova australiana a convite da organização, pelos parciais de 6-4 e 7-6 (7-5), após uma hora e 15 minutos de confronto.

Na segunda ronda do torneio de Melbourne, em piso rápido, Pedro Sousa terá pela frente um adversário mais difícil de ultrapassar, o britânico Daniel Evans, 33.º classificado da hierarquia da ATP e oitavo cabeça de série, que ficou isento de disputar a eliminatória inicial.

Pedro Sousa teve entrada direta no quadro principal do Open da Austrália, primeiro Grand Slam de 2021, a realizar entre 08 e 21 de fevereiro, com fortes restrições devido à pandemia de covid-19, no qual terá a companhia do compatriota Frederico Silva, que se qualificou pela primeira vez para um ‘major’.

João Sousa também tinha entrada direta no torneio, mas o número um português esteve infetado com o novo coronavírus e foi impedido de viajar para Melbourne pelas autoridades australianas, no âmbito das “medidas estritas” decretadas pelo governo daquele país para combater a pandemia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.