Um golo de André Silva, o seu 13.º em 28 internacionalizações ‘AA’, aos 48 minutos, selou o segundo triunfo de Portugal em sete jogos oficiais com os transalpinos, mais de 61 anos depois do 3-0 no Estádio Nacional, a 26 de maio de 1957, na corrida ao Mundial58.

Com este triunfo, Portugal soma três pontos, contra um de Itália e Polónia, formações que haviam empatado 1-1 em solo italiano na sexta-feira.

Mesmo sem Ronaldo, Portugal chega para "nova" Itália

No estádio da Luz, em Lisboa, Portugal apresentou-se assumidamente sem Cristiano Ronaldo e mesmo sem o seu líder incontestado ganhou a uma seleção transalpina em plena renovação após ter falhado a presença no Mundial que decorreu na Rússia.

Fernando Santos ganhou a aposta de testar a renovação da seleção lusa, que dominou a partida sem grande contestação, face aos comandados de Roberto Mancini.

Depois de um empate 1-1 em casa com a Polónia, a Itália atrasa-se no grupo, liderado por Portugal, com três pontos, mais dois do que polacos e transalpinos.

O jogo da Luz foi o único da Liga A da prova, a 'primeira divisão' europeia. Da Liga B, o segundo escalão, só se jogou o Suécia-Turquia, com os visitantes a surpreenderem em Solna os suecos por 3-2, após estarem a perder por 2-0 até ao minuto 50.

Akbaba, a ‘bisar’ aos 88 e 90+2 minutos, acabou por ser o inesperado 'herói' turco no jogo.

No terceiro nível do torneio, a Liga C, a Escócia recebeu e venceu a Albânia por 2-0, o mesmo resultado que se verificou no Montenegro-Lituânia. Quanto a Sérvia e Roménia, empataram a dois, em Belgrado.

Finalmente, a contar para a ‘quarta divisão’ da prova, o Kosovo superou as Ilhas Feroe, por 2-0. Terminaram com o mesmo resultado, 1-1, os jogos Andorra-Cazaquistão e Malta-Azerbeijão.

[Notícia atualizada às 22h16]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.