A seleção das ‘quinas’, que venceu neste mês a Lituânia (6-0) e no Luxemburgo (2-0) nos últimos jogos do apuramento para o Euro2020, tem 1.639 pontos, mais três do que a Espanha, oitava, e está igualmente a três pontos da Croácia (sexta) e a seis do Uruguai (quinto).

A liderança pertence há mais de um ano, desde 25 de outubro de 2018, à Bélgica, com os ‘diabos vermelhos’ à frente da campeã mundial França, e do Brasil, terceiro, enquanto a Inglaterra surge em quarto.

A Colômbia, treinada por Carlos Queiroz, mantém o 10.º lugar, sendo o quarto país da CONMEBOL, zona sul-americana, no top-10, atrás de Brasil, Uruguai e Argentina, que é nona classificada com apenas mais um ponto.

Entre as outras seleções com técnicos portugueses, a Coreia do Sul, de Paulo Bento, desceu duas posições para o 41.º lugar, os Camarões, treinados por António Conceição, caíram para 53.º, e o Burkina Faso, orientado por Paulo Duarte, mantém-se no 60.º posto.

O Bahrain, treinado por Hélio Sousa, subiu um lugar e é 100.º e o 17.º melhor entre os países asiáticos.

Dos países de língua oficial portuguesa, Cabo Verde tem a melhor posição, no 78.º lugar, seguido de Moçambique, no 105.º posto, enquanto Guiné-Bissau ‘ultrapassou’ Angola, com os guineenses no 118.º e os angolanos no 124.º. São Tomé e Príncipe é 181.º e Timor-Leste 196.º.

‘Ranking’ da FIFA em 28 de novembro:

1. (1) Bélgica, 1.765.

2. (2) França, 1.733.

3. (3) Brasil, 1.712.

4. (4) Inglaterra, 1.661.

5. (5) Uruguai, 1.645.

6. (7) Croácia, 1.642.

7. (6) Portugal, 1.639.

8. (8) Espanha, 1.636.

9. (9) Argentina, 1.623

10.(10) Colômbia, 1.622

(…)

41. (39) Coreia do Sul, 1.459.

53. (52) Camarões, 1.413.

59. (60) Burkina Faso, 1.381.

78. (77) Cabo Verde, 1.319.

100. (101) Bahrain, 1.220.

105. (112) Moçambique, 1.181.

124. (120) Angola, 1.161.

118. (123) Guiné-Bissau, 1.155.

181. (180) São Tomé e Príncipe, 934.

182. (183) Macau, 922.

196. (198) Timor-Leste, 879.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.