Johan Djourou, aos 41 minutos, na própria baliza, e André Silva, aos 57, selaram o nono triunfo consecutivo da formação das ‘quinas’, depois da derrota inicial no reduto dos helvéticos, que chegaram à Luz com nove triunfos, em nove jogos.

Portugal, que esteve em todas as grandes competições desde 2000 e repete as presenças em Mundiais de 1966, 1986, 2002, 2006, 2010 e 2014, terminou com os mesmos 27 pontos da Suíça, mas com vantagem na diferença de golos (32-4 contra 23-7).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.